Existem 328 Notícias disponíveis. limpar

 

ONU reitera mais recursos para o Ambiente

26/11/2014 15:35 (Ambiente)

Uma equipa multidisciplinar do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA), composta por especialistas ligados às alterações climáticas, biodiversidade, gestão de resíduos e produtos químicos, entre outros, será enviada ao país, no sentido de ajudarem na preparação de um programa ambiental adequado para Angola.


Sugerida criação de cooperativas para preservação do ambiente

26/11/2014 15:35 (Ambiente)

O seminário de formação das mulheres rurais em matéria de preservação do ambiente, encerrado hoje na província do Huambo, sob égide do Ministério do Ambiente, sugeriu a criação de cooperativas que trabalhem em prol do equilíbrio do ecossistema, através da promoção da reciclagem e do uso sustentável dos recursos naturais.


Ministértio do Ambiente refuta informações sobre a caça furtiva em Angola

26/11/2014 15:35 (Ambiente)

É proibida caça furtiva em Angola. O Ministério do Ambiente regista com preocupação notícias alarmistas, veiculadas de má fé sobre a caça intensiva, comércio internacional e terrorista de espécies da Vida Selvagem em território angolano, que não coincidem nem com os hábitos da população rural de Angola e muito menos com atitudes que considera não ocorrerem em Áreas de Conservação, com objectivo de perturbar e especular sobre a estabilidade sócio económica do país, onde se dá continuidade ao esforço de recuperação da Natureza e da Vida Selvagem, quer da fauna como flora angolana


Caçadores furtivos podem "apanhar" até três anos de cadeia efectiva

26/11/2014 15:33 (Ambiente)

Os caçadores que forem apanhados a violar os regulamentos em vigor no país ligados a eliminação de exemplares de uma ou mais espécies animais ou vegetais da fauna e flora, legalmente protegidas, destruindo ou deteriorando o seu habitat natural, terão uma pena de prisão de 6 meses a três anos de cadeia efectiva, acrescida de multa, adverte o Ministério do Ambiente.


Caçadores furtivos podem "apanhar" até três anos de cadeia efectiva

26/11/2014 15:32 (Ambiente)

Os caçadores que forem apanhados a violar os regulamentos em vigor no país ligados a eliminação de exemplares de uma ou mais espécies animais ou vegetais da fauna e flora, legalmente protegidas, destruindo ou deteriorando o seu habitat natural, terão uma pena de prisão de 6 meses a três anos de cadeia efectiva, acrescida de multa, adverte o Ministério do Ambiente.


1234...66
Agenda Pública
Última Agenda
Director Regional do PNUA visita Angola a Convite da Ministra do Ambiente
  • Início
    21
    nov.
    2014
    08:00
  • Fim
    21
    nov.
    2014
    08:00
 
 

2011 - Portal do Ministério do Ambiente - Copyright©